Estudos Bíblicos, Notícias, Aconselhamento Online e Muito Mais!

Coma muito, pague pouco. Leitura: Salmos 63: 1-8

lendoabiblia1 thumb1 - Coma muito, pague pouco. Leitura: Salmos 63: 1-8
A minha alma tem sede de Ti, meu corpo te almeja. – Salmo 63:1
Um hotel em Singapura lançou um serviço de buffet expresso  “Coma tudo o que puder em 30 minutos e pague a metade do preço! “.  Depois da experiência , um hóspede declarou: “Perdi o meu decoro, enchendo a boca com mais comida a cada vez. Perdi minhas boaa maneiras… e meu apetite pelo resto do dia, tão severa a minha azia”.
Algumas vezes penso que, em nossas leituras devocionais, tratamos a Palavra de Deus como um “balcão de alimentos prontos”. Devoramos tudo o mais depressa possível e admiramo-nos de não aprender com a experiência.  Assim como o alimento  físico,  o alimento espiritual precisa ser mastigado! Muitos de nós,  cristãos há bastante tempo, podemos tender a passar os olhos sobre versículos que já lemos muitas vezes. Ao agir assim, porém, perdemos o que Deus pretende nos mostrar. Temos a certeza que isso acontece quando não aprendemos nada de novo com a passagem lida. O desejo de Davi estava correto quando escreveu no Salmo 119:15 ” Meditarei nos teus preceitos e às tuas varedas terei respeito.” Essa é a maneira de tratar a Palavra de Deus – dedicar tempo para apreciá-la em profundidade.
Jamais nos aproximmemos da Bíblia como se estivéssemos indo a um buffet de restaurante! Somente ao meditarmos na Palavra de Deus, obteremos o que é maior valor para nosso bem-estar espiritual.
– Ler a Bíblia sem refletir é como comer sem mastigar.
CREDITOS:
  Estudo devocional retirado do livro: “Nosso andar diário, Israel”, página 7.
Postado por: Kátia Pereira, cristã protestante, dona do Blog evangélico.

Similar Articles

Barack Obama compara os c... Este sujeito fede a anticristo… O que ele quer mesmo é defender publicamente os jihadistas do ISIS, pois ele mesmo os financia, sendo ele muçulmano, e também
Cristãos voltam a ser cr... Enquanto a guerra civil continua arrasando a Síria, multiplicam-se os relatos de ataques de muçulmanos jihadistas a cidades predominantemente cristãs. O país está vendo desde 2011 a
Pregação #5 – o v... Deus em sua infinita sabedoria, ensina a Jeremias no capitulo 18, e é justamente o que Ele fez, uma obra redentora por meio de Cristo para que
Carta de Deus para você:... Olá meu filho, não é de hoje que tenho notado uma certa inquietação sua em relação ao dinheiro, você anda preocupado demais com a falta dele não
Como evangelizar? 7 DICAS... Como evangelizar? E disse-lhes: Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura.   Marcos 16:15   Como Evangelizar? O Evangelismo, antes de tudo é
Resumo da Leitura Bíblic... Mateus e GênesisMateus Capítulo 1 Jesus nasceu de uma moça ainda virgem chamada Maria, Mateus 1:18, José seu futuro marido era descendente de abraão Mateus 1:16. Naquele tempo uma moça que fosse
O Dia do Senhor – S... Algumas mudanças aconteceram no início da fase da igreja cristã, no século primeiro (NT), e entre elas foi a mudança da guarda do sábado para o Dia
Você tem colocado Deus e...  Creio que alguns responderam que sim… Mas vamos pensar um pouco mais a respeito. Bom colocar Deus em primeiro lugar é obedecê-lo sem reservas e agrada-lo, mas
Referências Históricas ...         A Bíblia por si só já é um documento histórico válido a respeito da pessoa histórica de Jesus, e não só de Jesus
Sua Fraqueza Deveria Cond... Estar fraco é a melhor oportunidade de nos achegar mais a Deus, porque o “Seu poder se aperfeiçoa em nossa fraqueza”.

One comment on

  1. by Em defesa da Vida, da Igreja, e da Verdade on

    URGENTE!!! Enquanto alguns comemoram a revogação da portaria 415 (que regulamenta e estabelece o preço do aborto no Brasil), os abortos continuam.

    Semana passada observamos à que ponto chegaram os interesses de alguns políticos. Muitas pessoas não acreditaram que a 12845/2013, mais conhecida como lei “Cavalo de Tróia”, tivesse de fato conteúdo de prática abortista, entretanto, na semana passada todos tiveram a confirmação do fato com a portaria 415 do Ministério da Saúde. Esta portaria, , regulamentou a Lei Cavalo de Troia, incluindo na tabela de procedimentos do Sistema Único de Saúde a “interrupção da gestação/antecipação terapêutica do parto”, fixando o preço do abortamento em R$ 443,40. O mesmo preço de um parto. (Aparentemente, para essas pessoas, a morte e a vida são a mesma coisa.).
    Diante da notoriedade que ganhou a portaria, o Ministério da Saúde acabou por revogá-la esta semana (pela Portaria n. 437), sem apresentar nenhuma justificativa. No entanto, a verdade já havia sido revelada: realmente, a Lei Cavalo de Troia foi concebida para disseminar a prática do aborto no Brasil.
    Frente a este fato, muitos cantaram a vitória alegando que pela revogação de tal portaria, não haverá mais aborto, entretanto, todos estão muito enganados. Estando às vésperas das eleições, nenhum candidato quer correr o risco de manchar sua campanha com o sangue de crianças inocentes. Tal medida, foi na verdade motivada única e exclusivamente por motivos eleitorais, mas a lei continua lá. Nossa tarefa como cristãos é tentar com todos os esforços possíveis derrubar definitivamente esta lei. Então o faremos?

    a) Se você possuí blog ou alguma rede de contato, não deixe de publicar este fato, pois muitos estão comemorando a revogação da portaria, enquanto os abortos continuarão sendo feitos com dinheiro público independente do valor, mas por força da lei 12845/2013;

    b)Existe um projeto de lei de autoria do Deputado Eduardo Cunha (RJ) (PL 6033/2013), que revoga a lei Cavalo de Tróia. Para que o PL 6033/2013 seja votado, é necessário pedir aos parlamentares (através de telefonemas e e-mails) para que estes aprovem com urgência o citado projeto de lei; Ligue e mande e-mail para todos os deputados federais do seu estado pedindo a apreciação do PL 6033/2013

    c)No site Citizengo, existe uma petição pública solicitando a votação do PL 6033/2013;

    d)Orar intensamente para que Deus ilumine este luta para defender as crianças do Brasil.

    Responder

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *