O Amor e a Justiça de Jesus.

2

Meus filhinhos, estas coisas vos escrevo, para que não pequeis; e, se
alguém pecar, temos um Advogado para com o Pai, Jesus Cristo, o justo.
1 João 2:1

advogado - O Amor e a Justiça de Jesus.
Me baseando neste versículo parei, e refleti. Advogado é
aquele que o defende independente de você estar certo ou errado. Mas estamos
falando de Jesus, o juízo de Deus, Ele é Justo, sua Justiça é imutável e inquebrável,
como Ele, mesmo nós estando sentados no banco dos réus, e sendo realmente
culpados confessos, que juiz nos daria a liberdade e mais e mais uma chance?
A justiça de Deus é tremenda e assustadora,
tremenda  por que Sua Justiça é lavada
pelo sangue do Cordeiro, e assustadora por que o dia final, o dia do juízo de
Deus, a ira de Deus sem mistura ou seja, toda a ira que Deus tem guardada, será
derramada neste dia sobre Satanás e seus anjos, e sobre aqueles que negaram Seu
Nome e principalmente o Seu amor. Voltando ao assunto como entender o Amor e a
Justiça Divina?
Imagine a cena: “Um pai entra em sua casa e vê seu filho
morto e ao lado do filho o assassino dele, o pai percebe que o assassino está
desmaiado e encontra a arma que o tal usou para tirar a vida do seu filho…”

O que a maioria de nós faria em uma situação dessas? Creio,
que, uma grande porcentagem pegaria a arma e faria “justiça” com as próprias
mãos. Esse é o diferencial, o ponto exato do que é a Justiça de Deus, Jesus
iria até o assassino, o abraçaria e diria que o amava. “O amor cobre todas as ofensas”.
O amor não é um sentimento que Jesus tem, não é um pedaço de algo abstrato, o
amor é o que Jesus é. Você consegue compreender a plenitude de tudo isso? Mesmo
sendo miseráveis pecadores, Ele ainda nos chama de filhos e diz que nos ama
todos os dias, você respirar, acordar já é prova disso. A graça dEle realmente
está sobre nós! Aleluia! Suas misericórdias são renovadas a cada amanhecer, por
que Ele é nosso pastor e nós suas ovelhas. O amor de Jesus, é Ele próprio, Ele
é amor em pessoa. Ele é Justiça. Ele é Deus.
Estudo feito por Kátia Pereira cristã protestante, Dona do Blog Evangélico.

2 Comentários

Deixe uma Resposta

Por favor, escreva seu comentário!
Digite seu nome aqui