O islã cresce e com isso a perseguição cristã também.


Recentemente a ONU aprovou lei cerceando os direitos da liberdade de expressão ao criar privilégios especiais para o islamismo, punindo aqueles que difamarem tal religião. Em seguida, os EUA iniciou processo de abertura à religião islâmica, tornando Washington a sede da Conferência do Califado 2012, que está sendo promovida pela organização conhecida como Hibz-ut-Tahrir, um “grupo pan-islâmico extremista que busca estabelecer um Estado islâmico global, ou califado, governado pela lei islâmica da sharia”. Com isso ONU e Casa Branca abrem, definitivamente, o espaço para que o islamismo entre no Ocidente trazendo consigo toda a violência e intolerância característicos do islã.
Esse hábito de legisladores estabelecerem leis que pervertem as bases do direito não é nova. Aqui no Brasil temos presenciado as táticas das classes gays em criar leis que emprestem-lhes privilégios especiais através dos quais poderão exercer uma verdadeira ditadura gay no país. Agora é a vez da ONU e do Governo Obama seguirem no mesmo rastro, usando a mesma tática para estabelecer privilégios especiais ao islamismo. O objetivo de tais interesses não é muito difícil de entender. Haveria, afinal, algum fundo de verdade nas especulações contra Obama e sua ascendência genealógica islâmico-muçulmana? É esperar para ver. O fato é que o islã está invadindo a cultura ocidental, trazendo (veladamente) seu ódio contra tudo que não é islamismo, e juntamente com esse ódio serão vistos, num futuro próximo, os atentados violentos dessa falsa religião, que tem lançado países no caos onde quer que eles ganhem apoio e espaço. É a religião que se estabelece pelo terror. O caos poderá, muito em breve, marcar definitivamente a história americana.
Bush invadiu países islâmicos com forças militares e, agora, os países islâmicos invadirão os países ocidentais com seus ataques suicidas aos não-islâmicos. Afinal, segundo as regras “veladas” do islã, morrer matando opositores à fé islâmica lhes garante a recompensa imediata no céu islâmico. É só se “explodir” aqui para ganhar o céu de Alá. Loucura satânica, não? Algo completamente diferente do Evangelho, que nos ordena a anunciar a fé em Jesus Cristo ao mundo inteiro, mas que jamais nos permite tirar dos ouvintes o direito de rejeitarem essa mensagem. Com isso, os verdadeiros cristãos, através dos séculos, tem sido perseguidos e mortos sem levantar suas mãos. A Igreja de Jesus é basicamente pacífica, pois aprendeu a lição que Cristo ensinou ao apóstolo Pedro: Mas Jesus disse a Pedro: Põe a tua espada na bainha; não beberei eu o cálice que o Pai me deu? - João 18:11. A espada do cristão verdadeiro é a Palavra de Deus, porque a palavra de Deus é viva e eficaz, e mais penetrante do que espada alguma de dois gumes, e penetra até à divisão da alma e do espírito, e das juntas e medulas, e é apta para discernir os pensamentos e intenções do coração. - Hebreus 4:12. Respeitar a opinião do próximo e usar apenas a Palavra de Deus para evangelizar são os princípios básicos do Evangelho, que rejeita a violência, a qual será punida pelo Verdadeiro Deus. Então temos no islã um deus falso, que ama a violência e retribui com promessas do céu islâmico aqueles que matam e espalham o terror em nome da fé. A Bíblia Sagrada chama a esse “deus” satanás, que engana e seduz milhões com suas mentiras e falsas ideologias. Jesus Cristo deu sua própria vida na Cruz para nos libertar de todo o engano do diabo. Mas a mensagem da Cruz ainda não está prevalecendo sobre a maioria das pessoas, que estão cegas por movimentos religiosos que a Bíblia Sagrada condenada e já sentenciou à destruição. Quem tem ouvidos para ouvir, ouça a Palavra de Deus.

—        Pr. Wagner Cipriano





E Jesus, respondendo-lhes, começou a dizer: Olhai que ninguém vos engane;
Porque muitos virão em meu nome, dizendo: Eu sou o Cristo; e enganarão a muitos.
E, quando ouvirdes de guerras e de rumores de guerras, não vos perturbeis; porque assim deve acontecer; mas ainda não será o fim.
Porque se levantará nação contra nação, e reino contra reino, e haverá terremotos em diversos lugares, e haverá fomes e tribulações. Estas coisas sào os princípios das dores.
Mas olhai por vós mesmos, porque vos entregarão aos concílios e às sinagogas; e sereis açoitados, e sereis apresentados perante presidentes e reis, por amor de mim, para lhes servir de testemunho.
Mas importa que o evangelho seja primeiramente pregado entre todas as nações.
Quando, pois, vos conduzirem e vos entregarem, não estejais solícitos de antemão pelo que haveis de dizer, nem premediteis; mas, o que vos for dado naquela hora, isso falai, porque não sois vós os que falais, mas o Espírito Santo.
E o irmão entregará à morte o irmão, e o pai ao filho; e levantar-se-ão os filhos contra os pais, e os farão morrer.
E sereis odiados por todos por amor do meu nome; mas quem perseverar até ao fim, esse será salvo.

Marcos 13:5-13

Postado por: Kátia Pereira, feito por: Pr. Wagner Cipriano.
Blog Evangélico.





O islã cresce e com isso a perseguição cristã também. O islã cresce e com isso a perseguição cristã também. Reviewed by Katia Pereira on 08:34 Rating: 5

2 comentários:

  1. A paz irmaos venho atravez desse comunicado te pedir um segundinho de sua atençao para dar uma olhada nessa pagina do façebook e se gostarem de uma curtida nela pois sera uma honrra falar um pouco do poder de DEUS para vc ------------>https://www.facebook.com/impdbencao <----e que DEUS te abençoe

    ResponderExcluir
  2. É inacreditável, isso é demais!

    ResponderExcluir

Pergunte, critique, elogie (honras e glórias a Deus). Deus lhe abençoe!

Tecnologia do Blogger.