Estudos Bíblicos, Notícias, Aconselhamento Online e Muito Mais!

Sobre a Cruz

04395 HD 1024x706 - Sobre a Cruz

A crucificação de Jesus foi um divisor de águas para humanidade, Deus  deu o seu filho que não tinha pecado algum, para salvar homens e mulheres que desprezavam, ridicularizavam e profanavam o evangelho.

Porque Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para que condenasse o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por ele. (João 3:17)


Mas embora a cruz tenha sido um divisor de águas para nos livrar do pecado, ela não existe para todos. Sim, isso mesmo, a cruz não existe para todos.
Aquele que conhece a palavra de Deus ou já foi evangelizado por alguém, tem em suas mãos a chance de fazer parte da “crucificação com Jesus”, cabe a ela escolher, acreditar ou não acreditar nesta palavra, seguir Jesus ou ignorá-lo. A decisão de ignorar o evangelho, faz com que a cruz não exista para esta pessoa, por que assim disse Jesus:

  “Quem crê nele não é condenado; mas quem não crê já está condenado, porquanto não crê no nome do unigênito Filho de Deus. (João 3:18)


A cruz representa a redenção dos pecados da humanidade; antes da cruz, seguia-se a lei de Moisés, e matava-se um cordeiro e outros animais para que os pecados fossem perdoados. Hoje o cordeiro é Jesus, que morreu e ressuscitou para nos dar a vida espiritual, para cada vez que cairmos termos mais uma chance de colocar na cruz os nossos pecados. Jesus nos deu a oportunidade de podermos a qualquer momento, ir a cruz apenas pondo os joelhos no chão; antes de ajoelhar, estamos mortos consumidos pelo pecado, mas quando levantamos, levantamos cheios da água da vida, nós ressuscitamos espiritualmente, e voltamos mais fortes para combater os pecados e as demais forças do mal, e estamos prontos para mais uma batalha com Ele, batalha esta que temos a certeza da vitória.

Mas e quem não acredita na cruz? E quem escolheu recusar a mensagem do folheto, chamando de loucos aqueles que levam a palavra de Deus nas ruas? O que serão destes afinal?

Estes irão fazer caridades para sentir-se bem: dar comida ao pobres, fazer doação em caixinhas de natal, e no fim do dia, vão ao bar, beber, dançar promiscuamente e voltar bêbados para casa, e mais uma vez brigar com seu conjugue. Mas pela manhã, vão dar comida ao pássaros, gorjeta ao garçom ao meio dia, a tarde salva até uma criança de um afogamento em um lago, mas chegando em casa, o histórico do computador já está pronto para receber mais um clique nos sites pornográficos, o cigarro está ao lado, junto com mais um copo de Vodka.

A caridade não salva, a caridade não apaga os pecados, elas só conforta e engana o coração, se não estiver junto com a fé, ambas precisam uma da outra ou não terão valor algum. 


“Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus; não vem das obras, para que ninguém se glorie.””  (Efésios 2:8-9)

Insensato! Quer certificar-se de que a fé sem obras é inútil?
Não foi Abraão, nosso antepassado, justificado por obras, quando ofereceu seu filho Isaque sobre o altar?
Você pode ver que tanto a fé como as suas obras estavam atuando juntas, e a fé foi aperfeiçoada pelas obras. (Tiago 2:20-22)

Quem na acredita na cruz, vive apoiado nas ideologias da mídia, através de discussões e formação de opiniões que sem perceber já estão na mente através de NOVELAS (que induzem sentimentos e invertem os vilões), dos telejornais, que abordam discussões já definindo o certo e o errado na visão deles, e abordando apenas os pontos superficiais da discussão, manipulam a mente que não está ocupada por opiniões próprias.

Hoje é fácil encontrar aqueles que são contra “religiosidade” e preferem um mundo em que há a liberdade, mas a liberdade para estes é uma prisão, numa vida terrena.

Fazendo uma linha do tempo podemos ver como as pessoas que rejeitaram a Jesus, foram sendo manipuladas pela mídia. Na Década de 90 a 2006, a série de TV malhação, pregava a rebeldia domiciliar; de 2006 a 2009 a prostituição, com termo “ficar” introduziu prostituição entre o jovens e se tornou algo normal (beijo sem compromisso)
De 2009 a 2012 filmes, novelas e discussões defendiam a traição formando o termo “uma mente aberta” o divórcio também virou uma coisa ‘normal’. E atualmente de 2012 a 2014, a homossexualidade se tornou “moda” e algo bastante comum nas séries e filmes indo contra a palavra de Deus. Ainda neste tempo a nudez também ganhou espaço, fazendo da TV um verdadeiro lixo.

Observe que na linha do tempo, a mídia começa e termina as discussões, e quem rejeitou a cruz, segue as regras da sua vida tendo a mídia como sua bíblia. Até negam, acham-se inteligentes mas as opiniões de quem não seguem a Jesus, não tem valor algum, quando o caminho destas opiniões os levam ao inferno.

As pessoas que acreditam na cruz, sabem distinguir o que é ou não, bom para si mesmo, porque estes não estão sozinhos, mas acompanhados pelo Espírito Santo de Deus, que os auxilia para que não percam a sua santidade, e para que mantenha sua edificação constante.

Contudo, pessoas que não estão firmadas em Deus, por não entenderem tais coisas, não tem direito a cruz, enquanto não aceitar e crer em Jesus como seu único e suficiente salvador. O tempo é curto, pode já não existir mais, Jesus pode voltar hoje para você ou para mim, é preciso estar preparado.

Se é Cristão, vá a cruz todos dias e deixe nela todos os seus pecados, se arrependa e não volte a pecar.
Se você ainda não crer na cruz, abra os seus olhos e tome a decisão que pode mudar toda a sua vida, em terra e após a morte. mas se está em dúvida em crer ou não crer em Jesus, lembre-se de que ele não pediu para você matar, pagar, ou agredir ninguém, a única condição é crer nele e segui-lo através da sua palavra.
Mas se preferir não crer, e não acreditar em Jesus, ou em vida após a morte, saiba que a palavra de Deus é real, e não porque você não acredita, que o céu ou inferno não te alcançará.

João 3:31-36 
“Aquele que vem do alto está acima de todos; aquele que é da terra pertence à terra e fala como quem é da terra. Aquele que vem do céu está acima de todos.
Ele testifica o que tem visto e ouvido, mas ninguém aceita o seu testemunho.
Aquele que o aceita confirma que Deus é verdadeiro.
Pois aquele que Deus enviou fala as palavras de Deus, porque ele dá o Espírito sem limitações.
O Pai ama o Filho e entregou tudo em suas mãos.
Quem crê no Filho tem a vida eterna; já quem rejeita o Filho não verá a vida, mas a ira de Deus permanece sobre ele”.

Similar Articles

Introdução; tornando-se... O trabalho do Espírito Santo. O Espírito Santo é a pessoa que veio para convencer o mundo do pecado (João 14:16), esse trabalho é algo muito importante
Perdoar é crescer Por que é tão difícil perdoar alguém? Por que ao pensar em perdoar, nos sentimos incapazes? Por que a palavra perdoar meche tanto com a nossa mente?
Entendendo os ateus, e ex... Já faz muitos anos que sempre que há oportunidades converso com pessoas ateias, eu sempre quis entender o porquê de eles não crerem em Deus. Estou lendo
Nova página de Chat Acon... Olá amados! Criei este espaço para obtermos diálogos mais abertos, quanto a coisas referentes a Bíblia, tanto quanto ao aconselhamento, quanto a debates (saudáveis) e o aceitar
Profecias cumpridas na cr... Jesus foi abandonado Ó espada, desperta-te contra o meu pastor, e contra o homem que é o meu companheiro, diz o Senhor dos Exércitos. Fere ao pastor,
O amigo que aprendeu a am... Aquele que tem os meus mandamentos e os guarda esse é o que me ama; e aquele que me ama será amado de meu Pai, e eu
Por que devo orar por min... Vós, maridos, amai vossas mulheres, como também Cristo amou a igreja, e a si mesmo se entregou por ela, Para a santificar, purificando-a com a lavagem da
Estado Islâmico executou... Os jihadistas do Estado Islâmico (EI) executaram mais de 700 pessoas, em sua maioria civis, durante as últimas duas semanas no leste da província síria de Deir
Porque alguns evangélico... É uma triste realidade em nosso meio, pessoas que se julgam “evangélicas” simplesmente são cidadãos do inferno, sempre que falo, falo desse maldito costume, que, por serem
Cristãos voltam a ser cr... Enquanto a guerra civil continua arrasando a Síria, multiplicam-se os relatos de ataques de muçulmanos jihadistas a cidades predominantemente cristãs. O país está vendo desde 2011 a

One comment on

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *