Blog Evangélico | Consciência. Certo ou errado?

2
image - Blog Evangélico | Consciência.  Certo ou errado?
A consciência é a
capacidade universal, inata e dada por Deus de distinguir entre o certo  o errado.  “Porque,
quando os gentios, que não têm lei, fazem naturalmente as coisas que são da
lei, não tendo eles lei, para si mesmos são lei; Os quais mostram a obra da lei
escrita em seus corações, testificando juntamente a sua consciência, e os seus
pensamentos, quer acusando-os, quer defendendo-os;
Romanos 2:14-15”
Ela tem duas funções: instigar o individuo a fazer o que é
considerado certo, e depois da ação, aprovar ou condenar, caso ele tenha agido
de forma correta ou incorreta. Alguém que possua uma consciência “boa” e “limpa”
age naturalmente e genuinamente segundo o conjunto interior de padrões divinos
(2 Co 1.12; 1Tm 1.5, 19; 3.9).
Entretanto, a consciência pode ser deformada. Enquanto esse
conjunto de padrões é correto baseado em verdades bíblicas, a consciência se
torna inconfiável se padrões incorretos lhe foram apresentados como
verdadeiros. O antigo ditado, “Que a tua consciência seja teu guia”, não será
verdadeiro a menos que sua consciência tenha sido incutida de princípios divinos.
Por tanto, os pais cristãos têm a responsabilidade importante de ensinar a seus
filhos os padrões corretos de certo e errado.
A consciência pode também ser ineficaz. Por exemplo, ela
pode se tornar insensível e endurecida se a pessoa frequentemente age de modo
contrário a seus padrões (efésios 4.19). Ainda em casos mais sérios, a
consciência pode se tornar “cauterizada” e sem valores, por meio da escolha
deliberada de acreditar nas mentiras de espíritos enganadores, em vez de na
verdade de Deus. (1Tm 4.2)

Estudo retirado de: A Bíblia da Mulher.
Digitado por: Kátia Pereira, dona do Blog Evangélico.  

2 Comentários

Deixe uma Resposta

Por favor, escreva seu comentário!
Digite seu nome aqui