MULHERES PASTORAS COMEÇAM A SE REFERIR A DEUS COMO “ELA”

Emma Percy, uma das líderes do movimento pela igualdade de gênero para Deus - Reprodução/Twitter(@emmapercy3)

A notícia abaixo foi publicada no site do Jornal o Globo e é de autoria de Fernando Moreira.

CRISTÃS LANÇAM CAMPANHA PARA SE REFERIR A DEUS COMO 'ELA'

Um grupo de cristãs lançou campanha para incentivar os fiéis a se referirem a Deus como "Ela".

Batizado de Watch e mais conhecido como Mulheres e a Igreja, o grupo afirma que usar apenas o "Ele" nos rituais e nas orações faz com que Deus seja mais parecido com homens, o que configura um caso de sexismo.

Uma das líderes do movimento é a pastora anglicana Emma Percy, responsável pela capela do Trinity College, em Oxford (Inglaterra). Ela disse ao "Sunday Times":

"Quando usamos apenas o masculino para Deus reforçamos a ideia de que Deus é como um homem. Assim, sugerimos que Deus é mais semelhante aos homens do que às mulheres".

Outra pastora, Kate Bottley, já está retirando, quando possível, todas as referências a "Ele" e "Dele" durante as pregações, contou o "Metro".


Muito popular nas redes sociais, Kate Botley (entre noivos) já se refere a Deus como 'Ela' em pregações - Reprodução/Twitter(@revkatebottley)

O artigo original poderá ser visto por meio desse link aqui:


Opinião do Blog evangélico:
Como é o saber de todos, eu a dona do Blog não sou a favor do pastorado feminino, por motivos nos quais tenho convicção. Porém, nunca condenei nenhuma "pastora" . Tão pouco estou afim de debater sobre o pastorado feminino. Vivemos num mundo hoje onde o feminismo tem adentrado dentro de denominações ditas cristãs, que a cada dia se distanciam de Cristo se aproxima,  se adéqua a "apostasia dos fim dos tempos". Eu fiquei estarrecida ao ler este post, sabemos que de fato Deus não tem gênero, pois o mesmo é Espírito, no entanto Deus sempre em toda a história bíblica quis ser comparado ao gênero masculino, "Pai", é um gênero masculino, o próprio nome "Deus" é um gênero masculino, pois "existem" "deusas" que são do gênero feminino. "Senhor" é um gênero masculino. Percebe-se que Deus sempre quis sim ser comparado, ligado ao gênero masculino. Tudo o que o feminismo (uma grande parte ideológica do feminismo atual) quer é apenas denegrir a imagem do Cristianismo e de Deus.  

"Mas o Espírito [Santo] expressamente diz que nos últimos tempos apostatarão alguns da fé, dando ouvidos a espíritos enganadores, e a doutrinas de demônios; Pela hipocrisia de homens que falam mentiras, tendo cauterizada a sua própria consciência; Proibindo o casamento, [ensinando] e ordenando a abstinência [de certos tipos] dos alimentos que Deus criou para os fiéis, e para os que conhecem a verdade, a fim de usarem deles com ações de graças; Porque toda a criatura de Deus é boa, e não há nada que rejeitar, sendo recebido com ações de graças."
1 Timóteo 4:1-4
MULHERES PASTORAS COMEÇAM A SE REFERIR A DEUS COMO “ELA” MULHERES PASTORAS COMEÇAM A SE REFERIR A DEUS COMO “ELA” Reviewed by Katia Pereira on 20:27 Rating: 5

2 comentários:

  1. Irmâ, paz seja convosco, achei seu comentário simple, porém, pertinente, esse movimento em direção a mudança do modo de referir-se a Deus faz parte de uma tentativa de instalação de mentalidade liberal dentro das igreja e precisa ser combatido. Algumas grande denominações americanas (por exemplo a Presbiteriana e a Congregacional) entraram em uma linha liberal de pensamento e atitudes, muitas vezes contrárias a palavra de Deus. Graça vos seja mutiplicada.

    ResponderExcluir
  2. espirito de jezabel com certeza. demonio puru. e em primeiro lugar nao tem, nao existe pastora.

    ResponderExcluir

Pergunte, critique, elogie (honras e glórias a Deus). Deus lhe abençoe!

Tecnologia do Blogger.