Blog Evangélico | O amigo que aprendeu a amar! – Apóstolo João

1
oleiro incansavel - Blog Evangélico | O amigo que aprendeu a amar!  -  Apóstolo João
Aquele que
tem os meus mandamentos e os guarda esse é o que me ama; e aquele que me ama
será amado de meu Pai, e eu o amarei, e me manifestarei a ele.

João 14:21
Onde está? Lucas 9.49-55
João sem dúvida era uma pessoa
muito amada por Jesus Cristo, sua profissão; pescador. Era o apóstolo mais novo
(segundo a tradição ele tinha 24 anos). 
Jesus apelidou João e Tiago de: “Filhos do Trovão” (Marcos 3:17), por
que suas personalidades eram de pessoas de temperamento explosivo. O nome “João” significa “amigo de Deus”, mas nem sempre o nome de uma pessoa condiz com sua
real personalidade.  João antes de Jesus,
era intolerante, ignorante, explosivo.
João certa vez não gostou quando
algumas pessoas estavam expulsando demônios em nome de Jesus, por que as tais
não eram pessoas que faziam parte do grupo dos discípulos próximos a Jesus, porém, Jesus o repreendeu, e mostrou que devemos ser tolerantes, porque: quem
não é contra nós, é por nós. Isso denota que como hoje, há pessoas que não
seguem a Jesus, mas usam o nome dEle para fazer o bem.  Mas sabemos que haverá pessoas que expulsaram
demônios, fizeram o bem, mas não eram de fato salvas;
 Muitos me dirão naquele dia: Senhor, Senhor,
não profetizamos nós em teu nome? e em teu nome não expulsamos demônios? e em
teu nome não fizemos muitas maravilhas?
                                                                                  Mateus 7:22                
João
em outra ocasião quis que fogo descesse do céu sobre os samaritanos, os samaritanos
eram pessoas de uma seita que também se denominavam judeus, mas eles adoravam a Deus do forma errônea, eram idólatras, há um versículo no Antigo Testamento que fala a
respeito desse povo leia 2 Reis 17:26-28. O judaísmo verdadeiro condena a
idolatria, veja o que Jesus disse para uma mulher samaritana: “ Vós adorais o
que não sabeis; nós adoramos o que sabemos porque a salvação vem dos judeus”. João
4:22
. (Esse versículo é muito usado por hereges para argumentar que para ser
salvo, é necessário ser judeu, porém Jesus quis enfatizar a respeito de si
mesmo, pois a salvação é Ele, que nasceu no judaísmo, o Messias era a pessoa
esperada pelo judaísmo, mas trouxe a salvação a toda a terra.)  
Veio para o que era seu, e os seus não o
receberam. Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos
filhos de Deus, aos que crêem no seu nome; Os quais não nasceram do sangue, nem
da vontade da carne, nem da vontade do homem, mas de Deus. João 1:11-13.
João no decorrer da sua vida ao
lado de Jesus, mudou drasticamente, por que é isso o que Jesus faz com os seus,
ele transforma. Ao passar dos tempos ele começou a entender como lidar com
pessoas, tornou-se mais amável, ao ponto de ser chamado de o: “discípulo amado”
(João 13.23, João 19,26-27)
João assim como qualquer outra
pessoa tinha falhas, mas seu testemunho nos mostra que Jesus é capaz de mudar
qualquer pessoa da água para o vinho, uma transformação que vai além da
religião, mas sim um contato com a pessoa de Jesus. É Ele quem nos faz entender quem somos, e quem é Deus, para com essa compreensão Ele que é poderoso
venha fazer em nós o seu querer.  Assim
como o Senhor mostrou a Jeremias quando na casa do oleiro o vaso quebrou, assim
também somos nós nas mãos de Deus, Ele faz como quer, mas é paciente, e nos
molda todos os dias até o dia da sua vinda. Há um livro que seu título é o seguinte: “Jesus, o maior psicólogo que já existiu” já tive o prazer de lê-lo, quando decidimos caminhar com Jesus, Ele com sua misericórdia, nos molda, e com sua graça nos perdoa. Jesus é a pessoa que realmente entende o ser humano. O nome psicologia quer dizer “estudo da alma”, Jesus realmente faz isso conosco, Ele compreende nosso interior melhor do que ninguém, Ele não estuda o homem, Ele conhece o homem melhor do que o próprio homem. E não necessitava de que alguém testificasse do homem, porque ele bem sabia o que havia no homem. João 2:25.
Subsídio básico teológico
° João foi o autor do livro “João”
dos quatro primeiros evangelhos. Onde temos Mateus, Lucas, Marcos, e por fim
João.
° João era o mais novo dos
apóstolos, ele tinha provavelmente 24 anos.
° Foi o autor do livro do
Apocalipse, e também das cartas 1, 2 e 3 à João.
° Ele ficou preso na ilha de Patmos ilha
no leste do Mar Egeu.
° João foi o único discípulo a
morrer de morte natural, todos os outros foram decapitados, cortados ao meio,
crucificados, mortes violentas.
° Segundo a tradição, João ainda foi
colocado em um grande caldeirão de azeite fervente, e saiu ileso.
Perguntas
Como era João antes de Jesus
chegar em sua vida?
Qual o significado do nome:
“João”?
Que apelido Jesus deu a João e ao
seu irmão Tiago?
A que grupo de pessoas João mandou
que descesse fogo do céu sobre eles?
Como João ficou conhecido após
conviver diariamente com Jesus?
Significados
Impensado: Sem refletir, sem pensar. No grego: aperískeptos 
Zelo: grande cuidado e
preocupação dedicados a algo ou a alguém. No grego: zílos

Egoísmo: amor exagerado e
exclusivo aos próprios interesses. .No grego: 
egoismós

Pacificador: que busca a paz, a conciliação. No grego: eirinopoiós

Versículos para meditação:
João 19.225-7, João 14.23,  1 João 4.19, 1 João 4.20, Colossenses 3.14
Este estudo foi feito por Kátia Pereira, proprietária do Blog Evangélico, e lecionado pela  mesma na EBD no dia 17/01/2016.

1 Comentário

Deixe uma Resposta

Por favor, escreva seu comentário!
Digite seu nome aqui