Masculinidade - A natureza do homem.



"...e era este homem íntegro, reto e temente a Deus e desviava-se do mal". Jó 1:1


Deus dotou o homem de grande capacidade para liderança responsável. Isso pode ser canalizado positivamente para a igreja e para todos os setores da vida através do ensinamento, da liderança pelo exemplo moral e do apoio a causas justas (1 Tm 2.8). A força masculina, quando santificada, pode ser usada de maneira positiva, tal como na vida dos grandes homens aos quais Deus deu liderança. Abraão mostrou características de “aventura” com Deus ao dar passos de fé como nenhum outro tinha dado (Gn 12,18). Notamos visão em Moisés (Êxodo) e fidelidade em Josué mesmo quando estava em minoria (Dt 31.6-8). Davi demonstrou coragem ao lutar em incrível desvantagem (1 Sm 17) e Neemias teve iniciativa como construtor, organizando os homens para reconstruir os muros e a cidade (Ne 1 ao 8). Por outro lado, homens como Nabucodonosor usaram seu poder para destruição e crueldade na guerra (2Rs 24.10-17). Deus maravilhosamente equilibrou essa imagem de força e poder de homem dominante com o exemplo do Senhor Jesus que foi movido pela compaixão (Mt 20.34), amou as crianças (Mc 10.14), chorou na morte de seu amigo (João 11.35) e deu a vida para que outros pudessem viver (Jo 3.16). O “homem íntegro” (Jó 31) encontra seu paralelo na mulher forte (Pv 31.10-31).

Digitado por Kátia Pereira, cristã protestante, fundadora do Blog Evangélico.

Créditos: A Bíblia da Mulher, pag 10.
Masculinidade - A natureza do homem. Masculinidade - A  natureza do homem. Reviewed by Katia Pereira on 11:33 Rating: 5

Nenhum comentário:

Pergunte, critique, elogie (honras e glórias a Deus). Deus lhe abençoe!

Tecnologia do Blogger.