“Meu marido me traiu, e não quer assinar o divórcio!” 

0
Divórcio, meu marido me traiu

“Meu marido me traiu, e não quer assinar o divórcio!”

Muitas mulheres e também homens, tem sofrido com este mal, e notavelmente o divórcio não está somente entre pessoas que não seguem a Cristo. O divórcio é um mal que atinge toda e qualquer sociedade, povo ou cultura. Em média de 10 anos, o divórcio aumentou cerca de 160% com relação a década passada, no Brasil! Infelizmente nós cristãos não estamos livres de passar por esta triste circunstância. É um índice assustador. Deus deseja que todos àqueles que se casem, permaneçam juntos até o fim de suas vidas. Mas alguns fatores contribuem para que o contrário aconteça nos casamentos, alguns exemplos que podem levar ao divórcio:

  • Falta de sabedoria, de ambos, ou de um;
  • Falta de amadurecimento (que trás brigas constantes);
  • Falta de respeito (ou até falta de se dar ao respeito);
  • Esfriamento do amor; 
  • Esfriamento da vida sexual;
  • Desleixo, ou falta de cuidado com a imagem pessoal, ou falta de higiene.
  • Enfim,  existem muitos outros fatores.

Coloquei sabedoria primeiro por que uma pessoa sábia, entende que o casamento é instituição divina, e que isso a levará a ser mais prudente, a ter uma vida de oração em prol do seu casamento (ex: jejuns, campanhas), a ser mais vigilante com seu modo der ser, agir, e reagir com seu cônjuge e para com a sociedade, procurando assim ter zelo sobre seu casamento. E sabedoria não se restringe apenas a mulher, mas também e igualmente para o homem. No entanto, isso não bloqueará todas as tentativas do inimigo de nossas almas que anda ao derredor buscando a quem possa tragar (1 Pedro 5.8), tentando de alguma maneira separar o casal, e acredite ele é paciente, não faz isso do dia pra noite. Vai trabalhar nas fraquezas de ambos, por isso a vigilância e a sabedoria devem estar de mãos dadas (ou coladas).

Uma leitora do Blog Evangélico, está passando por esta infeliz situação, onde a mesma fora traída por seu esposo, ao qual no primeiro ano de casados, o mesmo cometeu adultério.

Seu nome não será revelado, será intitulada como Ana 1(fazendo alusão a Ana da Bíblia, onde orou até conseguir sua benção, e 1, por que é a primeira que respondo aqui no Blog em forma de post) Vejamos o que ela me mandou:

Ola, quero muito conhecer Deus, as vezes acho que não o conheço. mas não sei tbm como procurar. me batizei a sete anos na Igreja do Evangelho Quadrangular, vivia uma vida onde eu achava que conhecia  Deus. me casei no dia 19/06/2015 e já no primeiro ano de casamento, meu marido me traiu/ele tbm e batizado/ no principio não quis perdoar, ele foi trabalhar em outra cidade, mas nus falávamos todos os dias, no ano passado  decidir pedir o divorcio, cheguei a falar com ele e com uma amiga. ele disse que não assinaria para não ficar em pecado,e essa amiga pediu para eu conversar com um primo que e pastor, antes de tomar essa decisão. conversei com ele por telefone, e ele foi me passando varias passagens bíblicas,onde fala que Deus odeia o divorcio, da importância do casamento…fui procurar meu pastor, e ele disse que eu poderia sim me divorciar e seguir a vida, nesse últimos meses, meu marido assumiu uma mulher, que ele já estava com ela desde o ano passado(outra)da mesma igreja que somos, mas em outra cidade. Ai começa meu dilema, e agora? não quero voltar com meu marido, mas não quero tbm fazer algo que vai desagradar a Deus. acabei saído da igreja, por não concordar com a insistência do meu pastor para eu pedir o divorcio, estou em outra, mas não estou conseguindo ter direção.”

Minha irmã Ana 1, primeiramente quero tratar de sua vida de espiritual com Deus, como você mesma falou, você achava que conhecia a Deus, aconselho a você antes de pensar tomar qualquer atitude, que busque se entregar a Deus em oração. Acredito mesmo, que Ele cuidará de você e de suas dificuldades.

Segundo, sim Deus odeia o divórcio (Malaquias 2.16), a família é a primeira instituição criada por Deus, ela foi criada mesmo antes da igreja, que a segunda instituição criada por Deus. Por isso ela é a mais importante, pois sem família, não há igreja. Deus de maneira nenhuma deseja que qualquer cristão se divorcie de seu cônjuge, Ele deseja que nós sejamos felizes, e satisfeitos um com o outro, e que possamos fazer Sua vontade juntos.

No entanto, Deus assim como odeia qualquer outro pecado, ele odeia o adultério também! Pois dessa maneira a aliança que fora feita por ambos no altar é quebrada com o ato de adultério, e dai se inicia o processo de perdão, reconciliação, separação etc. Seu esposo, lhe traiu, está com outra, e não quer lhe dar a carta de divórcio.

tecnicas para tomar decisoes importantes noticias 1444768501736 - "Meu marido me traiu, e não quer assinar o divórcio!" 

Há três opções pra você:

1.Entrar com um pedido na justiça, pois na Bíblia nos fala que:

Mas eu lhes digo que todo aquele que se divorciar de sua mulher, exceto por imoralidade sexual, faz que ela se torne adúltera, e quem se casar com a mulher divorciada estará cometendo adultério”.

Mateus 5:32

A passagem é clara, você está no seu direito de divorciar-se, pois houve a imoralidade sexual por parte dele. Não estará comendo pecado, caso um dia queira casar-se novamente com outra pessoa. A pessoa que está em pecado neste caso é seu esposo, que para Deus qualquer pessoa que ele venha estar se unindo estará em adultério.

2. Viver “casada” com ele, e viver sua vida assim mesmo;

Nesta caso, é mais complicado, por que pela lei os dois ainda estão casados, e caso queiram se casar novamente, a lei verá vocês como bígamos. E você ai sim, estará cometendo adultério diante da lei, pois ainda está “casada”. Por isso existe a carta de divórcio na Bíblia, para que fique claro dentro da sociedade onde vive, que você não tem mais compromisso matrimonial com seu ex cônjuge.

3. Ou, esquecer este assunto por um tempo, e se entregar a Deus com propósito de oração;

Pedindo restauração, ou para que Ele faça com que seu esposo lhe dê a carta, no entanto as vezes é necessário orar desta maneira “Seja feita a tua vontade”. Isso não quer dizer que vai ficar de mãos atadas até a morte, é um tempo pra você e Deus, para você se fortalecer em Deus pro que Deus decidir em sua vida. Acredito que Deus irá falar ao seu coração em breve o que deve fazer. Dica particularmente minha, fique uns 3 meses em jejum e orações, pedindo a Deus perdão, ajuda, consolo, e restauração pessoal. Ao termino do tempo (você decidirá quanto tempo) você irá decidir o que fazer, e acredito que agora mais forte e firme em Deus. Se dê um tempo, ore e se aproxime mais de Deus, acredite, Ele fará o melhor pra você. Sua principal restauração é seu relacionamento com Deus, e as demais coisas Ele fará, mas tem que acreditar!

Quanto a igreja, acredito que deva estar numa igreja bíblica. Assim anseio.

Os sacrifícios para Deus são o espírito quebrantado; a um coração quebrantado e contrito não desprezarás, ó Deus.

Salmos 51:17

Respondido/feito por Kátia Pereira, fundadora do Blog Evangélico, e do Teologia.

Se for copiar credite, plágio é crime e pecado.

Blog Evangélico | Como obter e manter um relacionamento saudável com meu esposo? FRUTOS DO ESPÍRITO SANTO!

Deixe uma Resposta

Por favor, escreva seu comentário!
Digite seu nome aqui